Notícias
Noticias
25/10/2019

Plano de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Ciberbullying

escola_sem_bullying

Atento aos fenómenos do bullying e do ciberbullying e ao impacto que estes podem ter junto das crianças e dos jovens, o Ministério da Educação decidiu elaborar e propor às escolas a implementação de um plano de combate ao bullying e ao ciberbullying.

O Plano de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Ciberbullying,  a implementar já no ano letivo 2019/2020, pelos agrupamentos de escolas/escolas não agrupadas, deverá: desenvolver-se a partir de um diagnóstico que permita identificar necessidades; incluir um plano de ação em torno de estratégias e de atividades que sensibilizem para a diversidade de comportamentos agressivos, em idade escolar; contribuir para a identificação de sinais de alerta, que indiciem o envolvimento em comportamentos de bullying e/ou de ciberbullying; constituir-se como um auxiliar de apoio às escolas, com vista à utilização de diferentes abordagens de prevenção e intervenção, face ao bullying e ao ciberbullying; ser elaborado de modo a incentivar, reconhecer e divulgar práticas de referência.

 Este plano tem associada a campanha “Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência”, que se configura como um importante instrumento de sensibilização, prevenção e intervenção, destinado a toda a comunidade educativa, com vista à erradicação deste fenómeno. Assim, no âmbito do Dia Mundial de Combate ao Bullying, que se assinala no próximo dia 20 de outubro, o Ministério da Educação convida todos os diretores de Agrupamentos de Escolas e escolas não agrupadas a elegerem a semana de 14 a 18 de outubro como Semana “Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência”, tendo, no entanto, presente que o plano de prevenção deve ser implementado ao longo de todo o ano letivo.

Para mais informações, aceda a: www.sembullyingsemviolencia.edu.gov.pt