Notícias
Noticias
18/2/2020

Crianças e jovens portugueses entre os mais confiantes no uso da Internet Estudo europeu EU Kids Online

EU Kids

No dia em que se assinalou o Dia da Internet Mais Segura, foram divulgados os resultados do estudo europeu EU Kids Online 2020: Survey results from 19 countries.
Entre 2017 e 2019, foram inquiridos 25.101 crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 9 e os 16 anos, sobre as suas experiências digitais que incluíram situações de risco como ciberbullying, conteúdos prejudiciais, mau uso de dados pessoais, uso excessivo da Internet, mensagens de sexting e encontros com pessoas conhecidas na Internet. 

De acordo com os resultados, na Europa, a maioria das crianças e jovens usa o smartphone para se ligar à Internet “várias vezes por dia” ou “todos os dias ou quase”, registando-se uma subida substancial no uso de smartphones e no acesso à Internet, em relação ao estudo de 2010. Em alguns países, como Portugal, o tempo que as crianças e os jovens passam online mais do que duplicou, sendo também um dos países onde mais crianças e jovens revelam confiança em lidar com riscos: mais de dois terços referem saber reagir “sempre” ou “muitas vezes” a comportamentos de que não gostam na Internet.  Portugal é também um dos países, onde os inquiridos menos associam situações de risco a danos delas decorrentes.
De acordo com Cristina Ponte, professora da Universidade Nova e coordenadora da equipa portuguesa na rede EU Kids Online, “estes resultados quantitativos nacionais integrados no panorama alargado de 19 países europeus ajudam a conhecer de que modo crianças e jovens portugueses se consideram enquanto utilizadores digitais e qual tem sido a influência da intervenção da família e da escola em matéria de segurança e de aquisição de competências”.  Cristina Ponte acrescenta que  “seria muito bom que estes resultados sobre riscos e oportunidades fossem discutidos, em casa e na escola, com crianças e jovens para ouvir as suas razões por detrás dos números.”
O estudo europeu EU Kids Online 2020: Survey results from 19 countries envolveu os países: Alemanha, Bélgica (Flandres), Croácia, Eslováquia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Itália, Letónia, Lituânia, Malta, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Rússia e Suíça. A participação de Portugal, neste estudo, contou com o apoio da Associação DNS.PT, da Fundação para a Ciência e Tecnologia e da Direção-Geral de Educação. 
Consulte o relatório em: http://www.lse.ac.uk/media-and-communications/research/research-projects/eu-kids-online/eu-kids-online-2020